FÓRUM Inovar na Construção
Construção civil,  aquecimento, águas sanitárias, ventilação, revestimentos, isolamento térmico, caixilharias, arquitectura, legislação, e MUITO MAIS.
Participe com a sua experiência ou o seu caso.Participe com disciplina e numa abordagem esclarecedora. Lembre-se que alguém que ajuda hoje o poderá ajudar amanhã.Se tiver alguma dificuldade no seu registo por favor contacte-nos em geral@foruminovarnaconstrucao.ptFÓRUM Inovar na Construção - Registe-se...Veja as novidades mais recentes em www.inovarnaconstrucao.pt

Há necessidade de Design de Interiores no teu espaço ? Uma pergunta pessoal.

CMartin

  • User Iniciado
  • *
    • Mensagens: 35
    • Concordo/Discordo: +8/-0
O Design de Interiores e a Decoração.
Talvez nos perguntemos qual será o valor do design de interiores, ou sequer se o tem. Como profissional da área, imagino, e constato por vezes, que ainda se pense maioritariamente no design de interiores como a possibilidade de uma casa bonita. E será isso. Mas não tão pouco isso. A decoração, numa abordagem mais superficial, veste a casa de uma forma bonita usando, como todos sabemos, a cor, o mobiliário e as peças decorativas.
O design de interiores vai criar um ambiente considerando a melhor utilização do espaço e dos seus elementos. Assim, o design de interiores debruça-se não apenas sobre a beleza do espaço, que é importante para quem aprecia usufruir de uma espaço bonito, mas e mais além, tem nas suas preocupações também a melhor utilização ou utilidade do mesmo, o fluxograma, o fluir ou pondo em miúdos, a forma como vivemos esse e nesse espaço e como praticamos dentro dele as nossas necessidades de vida, como vivemos dentro do espaço de acordo com a nossa vivência.
Por achar que, mesmo considerando que todos temos necessidades genericamente idênticas de descanso, nos alimentarmos, higiene,...a forma como vivemos e como levamos a cabo o preenchimento dessas necessidades e sem ser necessidades, as nossas muitas vezes não menos satisfatórias futilidades, acaba por se condicionar à nossa individualidade, a nós próprios como pessoas que somos, diferentes das outras. Uns de nós daremos mais importância ao espaço de preparação de alimentos, um bom balcão na cozinha como espaço de trabalho, outros gostaremos de receber os amigos e familiares à volta de uma refeição formal, outros o faremos petiscando e cozinhando em simultâneo convívio social numa ilha ou península de cozinha; uns gostamos de bons e prolongados banhos de emersão com sais, outros, mais práticos rápidos duches matinais; uns de ler num confortável recanto de leitura com a lareira a crepitar, outra será a sensação de um confortável chão térmico por baixo dos pés descalços. Todos os indivíduos e suas individualidades, e apesar de a massificação de muitos aspectos no design de interiores e de decoração, como se passou em todas as áreas - a par da evolução e da globalização humana, o que, pelo lado positivo, tornaram a disciplina mais conhecida e mais utilizada e mais acessível, a verdade será sempre que não existirão duas pessoas ou duas famílias idênticas com rituais e prazeres e obrigações de vida idênticos, assim antes, pessoais, indivíduos em nome e singularidade próprios, daí, o design de interiores e a decoração personaliza para projectos residenciais de acordo com perfis pessoais. Os perfis pessoais, que são estudados resultado duma conversa em crescendo de intimidade e confiança entre o profissional e o dono de obra, permitem, precisamente, a personalização do espaço para si, e para os seus. Num projecto residencial não existe um trabalho ao m2 de espaço, por esta razão: a necessidade de personalização de acordo com o perfil do dono do espaço e suas inerentes necessidades de vida e preferências, até as estéticas.
Julgo também importante o facto que o design de interiores não retirará nunca das mãos do dono da casa e dos que vão viver a casa, as suas rotinas, ou o seu gosto e as suas preferências estéticas. Antes ou em vez disso, vão enaltecer estes, e enaltecer o seu estilo, a sua personalidade, por entre o mundo de estilos que existem, combinando cores, texturas, espaços, fluir, materiais, acabamentos, espaço disponível, espaço em falta, elementos decorativos, elementos necessários, elementos desnecessários, o efeito de uns, a menos valia de outros, qual o efeito se recorrermos a umas coisas, em detrimento de outras coisas, as escolhas … para que o resultado seja muito diferente daquele em que não se utilizou design de interiores ou decoração de interiores, ou os dois. Se é ou não um investimento a fazer ou se é um investimento válido, com base nos resultados conseguidos entre um ambiente assim criado profissionalmente ou um ambiente criado sem recorrer à técnica? É uma pergunta que aproveito para fazer e que, penso, será sempre respondido pelo seguinte … afinal: Que importância dás tu ao teu espaço, à forma como o vives, e ao que ele te faz sentir? E que necessidade achará que tem disso na sua vida ou na sua casa?
E esta será sempre uma pergunta muito pessoal, a ser respondida, só o poderá ser por si  :)
« Última modificação: 16 Agosto 2019, 20:57 por CMartin »


Noddy

  • User Iniciado
  • *
    • Mensagens: 29
    • Concordo/Discordo: +1/-0
Para mim o design é fundamental.
Qual é a altura ideal para o designer intervir na construção?


Picareta

  • Inovar
  • ****
    • Mensagens: 359
    • Concordo/Discordo: +2/-0
Para mim o design é fundamental.
Qual é a altura ideal para o designer intervir na construção?
No dia em que começa a obra.
3 meses depois de começar uma obra, tem que estar definidas a localização das tomadas de electricidade, das TV``` s, dos electrodomésticos, da localização do ar condicionado ... etc. Isso é fundamental para a decoração de uma casa,  a tomada da TV tem que estar no sitio certo, e muitas vezes até está no sitio certo, mas na cota (altura)  errada.


CMartin

  • User Iniciado
  • *
    • Mensagens: 35
    • Concordo/Discordo: +8/-0
Concordando com o Picareta, o design de interiores deve começar no dia em que começa a construção.  O que, geralmente, nos dará os tais 3 meses de avanço como o Picareta diz.
Idealmente até, para mim, seria 2 meses antes de iniciar a obra, seja ela nova construção ou remodelação. Há realmente elementos tais como a posição de tomadas, estética de escadas, ... e por vezes até se recomendam alterações a planta, a serem trabalhadas pelo design de interiores em equipa multidisciplinar com os arquitectos, e ou engenheiros, empreiteiros (...).  Ter tempo no design de interiores  é meio caminho andado para a sua melhor qualidade, até na ponderação das diversas possibilidades para adequar as melhores tendo em consideração o conceito dedicidido para a casa. O conceito é o programa, ou de uma forma simples o "tema" para os quais se conjugam todos os elementos na harmonização do design de interiores. Uma "linguagem" a ser seguida. O conceito é importantíssimo, estudá-lo e adequá-lo para aplicá-lo à arquitectura projectada, é essencial.
« Última modificação: 17 Agosto 2019, 01:22 por CMartin »


Mjdias

  • User Iniciado
  • *
    • Mensagens: 22
    • Concordo/Discordo: +4/-0
    • Sexo:Masculino
Concordando com o Picareta, o design de interiores deve começar no dia em que começa a construção.  O que, geralmente, nos dará os tais 3 meses de avanço como o Picareta diz.
Idealmente até, para mim, seria 2 meses antes de iniciar a obra, seja ela nova construção ou remodelação. Há realmente elementos tais como a posição de tomadas, estética de escadas, ... e por vezes até se recomendam alterações a planta, a serem trabalhadas pelo design de interiores em equipa multidisciplinar com os arquitectos, e ou engenheiros, empreiteiros (...).  Ter tempo no design de interiores  é meio caminho andado para a sua melhor qualidade, até na ponderação das diversas possibilidades para adequar as melhores tendo em consideração o conceito dedicidido para a casa. O conceito é o programa, ou de uma forma simples o "tema" para os quais se conjugam todos os elementos na harmonização do design de interiores. Uma "linguagem" a ser seguida. O conceito é importantíssimo, estudá-lo e adequá-lo para aplicá-lo à arquitectura projectada, é essencial.


Olá CM



CMartin

  • User Iniciado
  • *
    • Mensagens: 35
    • Concordo/Discordo: +8/-0
https://tylko.com/fr/
Olá Mjdias  :)
Obrigada, gostei de conhecer, interessante conceito modular e customizável dos módulos / estantes e de relevância actual, considerando, e citando :
"Say goodbye to standardized furniture
Every home is different"
E ainda
"Sustainable means long-lasting"

São características - a personalização (até como referi no início deste tópico, a casa reflexo de personalidades e gostos individualmente distintos, o seu a seu dono...) nos ambientes e a sustentabilidade dos materiais - que ganham cada vez mais interesse para os donos de obra, e que eu também valorizo nos meus projectos.

A estes acrescento também a sustentabilidade estética, que perdure acima da fast fashion no design de interiores.
« Última modificação: 18 Agosto 2019, 00:54 por CMartin »


ana74

  • User Iniciado
  • *
    • Mensagens: 10
    • Concordo/Discordo: +0/-0
    • Sexo:Feminino
Em termos genéricos, quanto pode custar um estudo de design de interiores para uma casa?

« Última modificação: 28 Agosto 2019, 10:51 por CMartin »


CMartin

  • User Iniciado
  • *
    • Mensagens: 35
    • Concordo/Discordo: +8/-0
Em termos genéricos, quanto pode custar um estudo de design de interiores para uma casa?

Tem claro está, e entendo que assim seja, a noção que é uma pergunta, como em todos os trabalhos da área construtiva, muito ingrata de responder. Há imensas variantes ! Já aqui referi que não é ao m2 que se trabalha um espaço interior, embora a área seja uma das variantes que jogam no preço claramente.
O estilo é outro factor, imaginemos que pedimos ao designer de interiores um estilo minimalista, por se achar que o minimalismo por ter menos ("menos é mais" tão já ouvimos dizer) mas esse menos em minimalismo é precisamente para ter pouco que valha muito (o minimalismo resurgiu nos anos 80 pela mão dos yuppies que queriam mostrar ao mundo as suas maravilhosas peças de design de elevado valor, logo, para as peças "respirarem" no espaço, punham menos, mas de qualidade superior, objectos de design muito procurados), a menor quantidade com a melhor qualidade e conforto. O estilo vai caber no Conceito definido para a casa. Como também já mencionei, o Conceito definido pelo profissional em integrando os desejos manifestados (as preferências) do dono da casa é o "tema" que se vai seguir no design de interiores, e dita também, para além do estilo, a quantidade de horas alocadas ao estudo por parte do profissional, e o trabalho que ele vai ter que desenvolver para o levar o Conceito decidido a bom porto,
Nessa equação do preço, vai caber também, ou vai depender também, do profissional e ou gabinete que contrata, claro que existem gabinetes mais ou menos caros.
Ainda, se esse design de interiores contempla também a parte de decoração, os móveis e as peças decorativas que vestirão a casa (faz sentido que inclua por questões de harmonia e o diferencial de preço costuma compensar incluí-la).

De qualquer forma, julgo que posso responder à pergunta, considerando que se vai ter em atenção tudo o que acima referia, as tais variáveis, de que em termos genéricos, um estudo de design de interiores para uma casa, situa-se em média entre os 600€ e os 3000€.


E talvez queira ou queiram saber o que inclui ou o que costuma incluir o estudo de design de interiores, não sei se já sabe, pelo preço que se paga ?
« Última modificação: 28 Agosto 2019, 11:07 por CMartin »


ana74

  • User Iniciado
  • *
    • Mensagens: 10
    • Concordo/Discordo: +0/-0
    • Sexo:Feminino
um estudo de design de interiores para uma casa, situa-se em média entre os 600€ e os 3000€.


Não me parece um valor incomportável num orçamento de 150.000 ou 200.000 que pode custar uma casa.
Já agora, o que me é fornecido?
Plantas com a distribuição de moveis?
3D dos espaços?


CMartin

  • User Iniciado
  • *
    • Mensagens: 35
    • Concordo/Discordo: +8/-0
Não me parece um valor incomportável num orçamento de 150.000 ou 200.000 que pode custar uma casa.
Já agora, o que me é fornecido?
Plantas com a distribuição de moveis?
3D dos espaços?

Depende do que contratar com o profissional. Geralmente, pode basear-se no seguinte :

Estudo / projecto de Design de Interiores : Em construção nova ou numa remodelação inclui ou pode incluir
- Definição dos materiais de acabamento/de revestimento
Ou seja, todos os materiais que vão revestir a construção, desde revestimento de chão, a paredes (tintas, papeis de parede e outros revestimentos)
- As carpintarias, materiais e cores, inclui roupeiros, portas, divisórias fixas e ou móveis, bibliotecas,..
- Revestimentos e loiças sanitárias, douches e ou banheiras, torneiras
- Revestimentos cozinha, móveis de cozinha, ilhas de cozinha, e torneiras, aparelhos e electrodomésticos
- Escadas, materiais de revestimento, definição estética das mesmas e das guardas
- Pode incluir o projecto de iluminação
O design de interiores é sempre um trabalho de equipa em que o designer de interiores trabalha em estreita relação com os restantes técnicos envolvidos na obra (engenheiros, arquitectos, empreiteiros..etc.).

Projecto de Decoração
Uma vez pronta a obra, a construção da responsabilidade estrutural, e do design de interiores, que é o que reveste o estrutural, faltará a decoração:
- Escolha entre as possibilidades do mobiliário e das peças de decoração, entre os estilos e por entre os fornecedores do profissional
- Definição das peças soltas em projecto, com base no estudo da arquitectura e seguindo o design de interiores entretanto definido, em respeito ao Conceito (tema previamente estabelecido), vai ter em conta, para além dos tamanhos das peças, as formas, as cores, os materiais, as texturas..

Tanto os projectos de design de interiores como os projectos de decoração, ou se se contratar ambos num só, são apresentados de forma clara e perceptível, com esquemas, desenhos e layout, as peças, e,sim, geralmente 3D (se o quiser, contratando também esse trabalho). São também apresentados como parte integral do projecto tanto de design de interiores como de decoração os respectivos orçamentos que perfazem os trabalhos necessários (desde os materiais de revestimento, como os móveis e a decoração, e respectivas aplicações, como fabrico/produções/instalação de cortinas,..etc..).

O design de interiores em uníssono com a decoração fazem o que se geralmente chama de "criação de ambiente de interiores".
O que pode abranger igualmente, no mesmo seguimento e entendimento do acima referido, os exteriores (terraços, pátios, jardins...).

E tanto um e outro trabalho, o de design de interiores e o de decoração, podem caber dentro de simples consultorias ou então num chave na mão.

Penso que não será demais repetir, por serem projectos muitos pessoais, o dono de obra, ou dono da casa está sempre em controle dependendo dele a palavra final sobre as escolhas est´éticas, de gosto, etc. O ideal é trabalhar-se de parte a parte num clima de confiança com o profissional, entendendo a relação como uma equipa, essa confiança faz com que, em design de interiores e decoração, em que há técnica mas também a inegável faceta criativa, e sensível, tudo flua para com mais sucesso se alcançar o seu objectivo, e um ambiente inegavelmente aprazível, funcional e de estética superior, tal como pretendia para a sua casa ao contratar um profissional nesta área.

É uma área até e também bastante romântica, das técnicas e das artes, geralmente exercida por quem dela trata com muito gosto e carinho e direi, vocação.  E são qualidades pessoais como estas que deve procurar, junto com as técnicas, no seu designer de interiores e ou no seu decorador de interiores.


« Última modificação: 28 Agosto 2019, 14:00 por CMartin »


ana74

  • User Iniciado
  • *
    • Mensagens: 10
    • Concordo/Discordo: +0/-0
    • Sexo:Feminino
CMartin
Desde já obrigado pela sua explicação.
Seria pedir muito que mostrasse aqui um exemplo de um desses projetos?


CMartin

  • User Iniciado
  • *
    • Mensagens: 35
    • Concordo/Discordo: +8/-0
CMartin
Desde já obrigado pela sua explicação.
Seria pedir muito que mostrasse aqui um exemplo de um desses projetos?

Claro que mostro. Imagens de trabalhos em anexo.

Como me parecem imagens bastante pequeninas, precisamos de uma lupa, clique nelas. Em alternativa sempre se pode consultar trabalhos aqui :
https://cmminteriores.wixsite.com/cmminteriores
Instagram
https://www.instagram.com/cmm.interiores/
Facebook
https://www.facebook.com/cmm.interiores

« Última modificação: 28 Agosto 2019, 16:23 por CMartin »


CMartin

  • User Iniciado
  • *
    • Mensagens: 35
    • Concordo/Discordo: +8/-0
PS. De qualquer maneira, vou realmente ter que pedir ajuda à Administração com a inserção de imagens.
« Última modificação: 28 Agosto 2019, 16:33 por CMartin »


Schlüter-Portugal

  • Inovar
  • ****
    • Mensagens: 1.849
    • Concordo/Discordo: +12/-0
    • Schlüter Portugal
PS. De qualquer maneira, vou realmente ter que pedir ajuda à Administração com a inserção de imagens.

Somos dois, e aqui até conheço o dono...
Orange: the original!